F - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dólar abre em baixa de 0,41% a R$ 1,59 na BM F

O dólar à vista abriu em baixa de 0,41% hoje, cotado a R$ 1,59 na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F). Instantes após a abertura, às 9h12 (de Brasília), a moeda norte-americana ampliava a baixa e cedia 0,47%, a R$ 1,589, na taxa mínima do dia até o momento.

Agência Estado |

Ontem, os contratos de liquidação à vista do dólar fecharam em alta de 0,60%, a R$ 1,5965.

O mercado financeiro amanhece nas mesmas condições do dia anterior, com as bolsas operando em forte alta, o dólar tentando manter rota de valorização ante as principais moedas estrangeiras e o petróleo em queda. Diante de maior tranqüilidade, a trajetória do dólar por aqui deve ser dada pelo fluxo. Eventuais quedas decorrentes de expectativas esgotaram-se e agora, o que tende a definir são os negócios fechados.

Nesse sentido vale registrar o resultado da oferta de ações da Vale, cujo preço foi definido ontem à noite. A empresa captou US$ 11,45 bilhões com a operação, já descontados os custos com subscrição e comissões. O valor não considera o exercício da opção de lote suplementar de até 24,66 milhões de ações preferenciais (PN) adicionais (na forma de ações ou ADSs), direito concedido ao coordenador líder Credit Suisse, em caso de excesso da demanda. O fechamento da operação está previsto para a próxima terça-feira (dia 22). A Vale pretendia captar US$ 15 bilhões.

Se houver entradas decorrentes dessa operação, como o mercado ainda espera, a tendência será o dólar operar entre a estabilidade (perto da abertura) e a queda (que ocorrerá com as entradas). Caso contrário, o mercado tende a ir na direção oposta - mas também sem grandes pressões - já que os investidores não tem mostrado muito disposição para se afastar da marca de R$ 1,60. O mercado deve também ficar atento à agenda internacional que pode gerar volatilidade e fazer preço, caso o fluxo não seja forte o suficiente para definir.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG