F - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dólar abre em alta de 0,72% a R$ 2,24 na BM F

A China continua mostrando as cartas de que dispõe para evitar que a crise internacional ganhe proporções mais sérias na sua economia. Mas as medidas anunciadas hoje, que se resumem a incentivos fiscais para exportação, não são suficientes para determinar o rumo dos mercados internacionais, como ocorreu na segunda-feira, quando foi divulgado o pacote de estímulo à economia de US$ 586 bilhões.

Agência Estado |

E os mercados, embora não apresentem nenhuma grande tensão, também não encontram espaço para enveredar por um caminho de recuperação firme.

O primeiro negócio no câmbio à vista na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) foi fechado hoje com o dólar cotado a R$ 2,24, o que representa uma alta de 0,72% em relação ao final do dia ontem (R$ 2,224). Às 9h20, nos negócios subseqüentes, o dólar reduzia a alta a 0,49%, negociado a R$ 2,235 na BM&F.

Para as moedas de países emergentes como o Brasil, o dia amanhece desfavorável, com commodities e euro em queda. As moedas da Turquia e da África do Sul, por exemplo, caíam 2,8% e 1,30%, respectivamente, no início desta manhã. E os operadores do mercado doméstico avaliavam que o real também amanhecerá perdendo valor.

A avaliação é de que os mercados seguem sensíveis e internamente não deve ser diferente. Nesse sentido, os especialistas afirmam que os investidores devem ficar atentos ao noticiário sobre o setor automotivo internacional. Internamente, uma certeza: se houver demanda por dólares, o Banco Central venderá divisas.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG