Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dois terços do Rodoanel Sul já estão concluídos

Dois terços do Trecho Sul do Rodoanel estão concluídos, embora exista pendência com desapropriações. Segundo o governo do Estado, em 94% da área a ser desocupada para dar lugar à via expressa, houve acordo administrativo entre proprietários e a Desenvolvimento Rodoviário S/A (Dersa), responsável pelas obras.

Agência Estado |

Os 6% restantes foram parar na Justiça, dos quais 2% foram resolvidos e os outros 4% estão pendentes.

"Há apenas um trecho atrasado, por conta de desapropriações, mas vai dar para recuperar", garante o governador José Serra. A velocidade da construção deve antecipar a entrega do trecho de março de 2010 para dezembro de 2009. "Nesse estágio, em que se pode enxergar a forma final de toda a extensão do Rodoanel Sul, a visão da maior obra civil do País é impressionante", diz Serra.

Segundo o departamento jurídico da Dersa, o projeto previa desapropriar 11.343.900 m² de área em São Bernardo do Campo, Mauá, Santo André, São Paulo, Embu e Itapecerica da Serra. Foram desapropriados 11.133.744 m². O restante se refere aos proprietários de terrenos que contestam a ação na Justiça. A previsão é concluir a liberação de frentes de obras no primeiro semestre do ano que vem.

Serra confirma que a licitação para a construção do Trecho Leste, com 40,6 quilômetros, que ligará as Asas Oeste e Sul às Rodovias Dutra, Ayrton Senna e Carvalho Pinto, também está prevista para o início de 2009. A Dersa deverá entregar os Estudos de Impacto Ambiental e o Relatório de Impacto no Meio Ambiente (EIA-Rima) em dezembro ou janeiro. A concorrência deverá estar na rua no primeiro semestre do próximo ano. Atualmente estão sendo finalizados os estudos para a primeira definição do traçado.

As obras do Trecho Sul foram iniciadas duas vezes, com intervalo de nove meses. A primeira "inauguração" da pedra fundamental foi feita pelo então governador Cláudio Lembo, em setembro de 2006, no km 26 da Anchieta. Em maio de 2007, Serra participou de solenidade de reinício dos trabalhos, parados desde a festa anterior.

A construção, com 61,4 quilômetros de extensão, foi dividida em cinco lotes. O primeiro, no trecho entre Mauá e a Anchieta, está 64% concluído. As pistas estão praticamente prontas, na fase do asfalto. No lote 2 (66% pronto), o trevo da Anchieta, com 1,2 quilômetro de diâmetro, está sendo executado. Esse será o principal trevo do Rodoanel Sul, pois direcionará todo o tráfego para o Porto de Santos.

O lote 3 (50% já feito), entre a Anchieta e a Imigrantes, terá a maior ponte do sistema, com 1.750 metros de extensão, sobre a Represa Billings. As obras nesse ponto aterraram 1,5 mil m² para a construção da obra. No lote 4 (58% concluído), a ponte sobre a Represa de Guarapiranga, com 245 metros, está pronta e outra, sobre outro trecho da Billings, com 680 metros, está em andamento.

No último lote (54% pronto), o trecho entre Parelheiros e o fim do Trecho Oeste, na Rodovia Régis Bittencourt, dois parque lineares com 200 hectares cada estão sendo construídos em Embu e Itapecerica da Serra. E o viaduto de acesso à Régis está quase concluído.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG