Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dois indicados por Obama renunciam devido a problemas com impostos

SÃO PAULO - O ex-líder democrata no Senado Tom Daschle, indicado do presidente Barack Obama para assumir a secretaria da Saúde, retirou seu nome por causa de problemas com o fisco. Pouco antes da desistência de Daschle, Nancy Killefer, responsável por conduzir o esforço em combater os gastos desnecessários, desistiu de integrar o novo governo também por causa de problemas com impostos.

Valor Online |

Daschle e Killefer disseram não querer ser " uma distração " e, assim, prejudicar o governo que se inicia. Killefer não deu detalhes sobre valores, apenas que havia questões fiscais que poderiam prejudicar seu trabalho. Daschle, escolhido para comandar a reforma do sistema de saúde, estava sendo criticado por ter deixado de pagar mais de US$ 128 mil em impostos.

Obama, que vinha dando apoio ao ex-senador, que é seu amigo pessoal e considerado por alguns como seu mentor, disse anteontem que achava as acusações contra Daschle " graves " . Para analistas, esse pode ter sido o sinal de que Obama queria sua renúncia. Obama divulgou um comunicado: " Nessa manhã, Tom Daschle me pediu para retirar sua nomeação para a secretaria da Saúde. Aceitei a decisão com tristeza e pesar " .

É o terceiro episódio envolvendo assessores de Obama e o fisco. O secretário do Tesouro, Timothy Geithner, foi criticado após sua indicação por atrasar o pagamento de US$ 34 mil em impostos. O Senado confirmou sua nomeação.

(Valor Econômico, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG