Tamanho do texto

O Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), vinculado ao Ministério de Minas e Energia e responsável pela concessão de lavras, pedirá mais informações à Polícia Federal sobre a operação Toque de Midas da Polícia Federal, que investiga supostas irregularidades na concessão de uma jazida à mineradora MMX, do empresário Eike Batista. Segundo a assessoria de imprensa do DNPM, o diretor-geral, Miguel Nery, determinou à procuradoria do DNPM que buscasse na PF detalhes sobre a jazida e as acusações sobre a empresa.