A Telefonos de Mexico (Telmex) vendeu US$ 500 milhões em notes seniores não asseguradas de 10 anos, com um spread de 200 pontos-base sobre os Treasuries e yield de 5,535%. O BofA Merrill Lynch e o HSBC foram os coordenadores (bookrunners) da operação.

A Telmex é a maior operadora de telefonia fixa no México, com uma participação de mercado de 85%, e controladora da Embratel no Brasil.

Os termos da emissão foram os seguintes: volume de US$ 500 milhões, vencimento em 10 anos, cupom (juro nominal) 5,5%, preço de emissão de 99,733% do valor de face, yield de 5,535% e spread de 200 pontos-base sobre os Treasuries.

Os bônus possuem classificação A3 pela Moody's e BBB+ pela Standard & Poor's. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.