Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dívida pública interna sobe e termina 2008 em R$ 1,264 trilhão

BRASÍLIA - O estoque da dívida pública mobiliária federal interna (DPMFI) aumentou 1,64% em dezembro ante novembro e fechou o ano em R$ 1,264 trilhão. No penúltimo mês de 2008, encontrava-se em R$ 1,244 trilhão.

Valor Online |

Os dados constam de relatório do Tesouro Nacional divulgado nesta quinta-feira. Em dezembro de 2007, o estoque da DPMFI era de R$ 1,224 trilhão.

O Tesouro Nacional fez emissão líquida de R$ 7,9 bilhões em títulos em dezembro e ao mesmo tempo apropriou juros no valor de R$ 12,6 bilhões.

Considerando as operações de swap cambial, a parcela da dívida atrelada à taxa pós-fixada Selic fechou o ano passado em R$ 425,38 bilhões, ou 33,63% do total do endividamento. Esse percentual é 3 pontos inferior ao de dezembro de 2007, quando as dívidas corrigidas pela Selic representavam 36,63% do total.

Os papéis prefixados foram equivalentes a 31,61% para 32,19% do total, correspondendo a R$ 407,16 bilhões em 2008. No mês final de um ano antes, correspondia 37,31% do estoque.

A parcela de títulos públicos federais atrelada a índices de preços verificou decréscimo na composição do total, terminou em 29,34%, ou R$ 371,13 bilhões, em dezembro, superior a posição do mesmo mês de 2007 (26,26%).

Já na parcela cambial, a crise externa fez com que o Tesouro invertesse a posição de credor para devedor externo em 2008, no equivalente a R$ 41,20 bilhões, ou 3,26% do estoque da dívida mobiliária federal interna. Em dezembro do exercício anterior, o país era credor em dólar no valor de R$ 28 bilhões, correspondendo a 2,29% do estoque.

Leia mais sobre dívida pública

Leia tudo sobre: divida publica

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG