Tamanho do texto

BRASÍLIA - A Dívida Pública Federal (DPF) cresceu 2,56% em fevereiro, para R$ 1,494 trilhão. Em janeiro, o estoque do endividamento estava em R$ 1,457 trilhão, segundo o Tesouro Nacional.

A DPF representa a soma do endividamento público interno e externo, em reais.

A dívida pública mobiliária federal interna aumentou 3,09% em fevereiro, ante janeiro, para R$ 1,397 trilhão.

A dívida externa, contudo, apresentou queda de 4,53% em relação ao mês anterior, passando de R$ 101,93 bilhões para R$ 97,31 bilhões (US$ 53,73 bilhões).

Segundo o Tesouro, em janeiro e fevereiro houve recompra de bônus soberanos no valor aproximado de US$ 638,92 milhões. O destaque foi para a recompra do Global 2020, no valor de US$ 154 milhões. O total financeiro desembolsado nas operações de recompra atingiu US$ 828,47 milhões. A redução de juros prevista na dívida até 2040 corresponde a US$ 463,13 milhões.

Ainda de acordo as recompras desde janeiro de 2007 resultaram numa redução de US$ 13,93 bilhões (R$ 25,28 bilhões) no pagamento de juros da dívida externa.

(Azelma Rodrigues | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.