A polêmica distribuição dos royalties do pré-sal só será votada depois das eleições. A decisão foi tomada em reunião convocada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no CCBB, atual sede do governo, na qual participaram cerca de 35 senadores da base aliada.

A polêmica distribuição dos royalties do pré-sal só será votada depois das eleições. A decisão foi tomada em reunião convocada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no CCBB, atual sede do governo, na qual participaram cerca de 35 senadores da base aliada.

Na reunião, Lula cobrou o encerramento da votação dos projetos de criação da Petrosal, capitalização da Petrobrás e do projeto que cria o Fundo Social com recursos do pré-sal até o final de maio, no Senado, e até o final de junho, na Câmara, para encerrar esta parte do processo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.