F - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

DIs voltam a apontar para baixo na BM F

SÃO PAULO - Sem indicadores relevantes na agenda interna e externa os contratos de juros futuros registram pouca oscilação nesta sexta-feira. Mais uma vez, a valorização do dólar não representa barreira à queda nos prêmios de risco.

Valor Online |

Há pouco, o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) com vencimento para janeiro de 2010 operava com baixa de 0,06 ponto percentual, a 14,54%. Já o contrato para janeiro 2011 tinha desvalorização de 0,09 ponto, a 15,22%. E janeiro 2012 estava a 15,44%, queda de 0,10 ponto percentual.

Na ponta curta, dezembro de 2008 marcava 13,25%, baixa de 0,02 ponto. Enquanto o DI para janeiro de 2009 subia 0,02 ponto, apontando 13,55%.

Para o estrategista de renda fixa da Coinvalores, Paulo Nepomuceno, a queda nos prêmios de risco que é observada ao longo das últimas semanas é uma correção da puxada de alta que aconteceu quando o dólar subiu de forma acentuada ante o real.

De acordo com o especialista, os agentes temiam uma forte contaminação da inflação via câmbio, algo que acabou não acontecendo. E um sinal disso é o recuo nos índices de preço do atacado.

Outro ponto na avaliação do estrategista que contribui para a devolução dos prêmios, é o crescente consenso de que o Comitê de Política Monetária (Copom) manterá a taxa de juros em 13,75% na próxima reunião, agendada para os dias 9 e 10 de dezembro.

Para Nepomuceno, ainda é cedo para pensar em redução na taxa de juros brasileira, mesmo com a desaceleração da economia reduzindo a pressão inflacionária. " O ajuste fino da política monetária depende muito do mercado internacional. Essa é uma variável que não temos como mensurar " , aponta o especialista.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG