Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

DIs seguem se ajustando à ata do Copom

SÃO PAULO - Depois de um começo de pregão instável, os contratos de juros futuros ganham direção no pregão desta sexta-feira. Os curtos seguem apontando para cima, enquanto os longos voltam a perder prêmio de risco.

Valor Online |

O gerente da mesa financeira da Hencorp Commcor Corretora, Rodrigo Nassar, disse que o mercado dá sequência ao ajuste promovido pela ata do Comitê de Política Monetária (Copom), que acenou com nova elevação de 0,75 ponto percentual na Selic. Por volta das 11h40, na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F), o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) com vencimento em julho de 2010 marcava estabilidade a 10,13%. Agosto de 2010 apontava 10,29%, também sem oscilação. E janeiro de 2011, referência de mercado, avançava 0,03 ponto, a 11,31%. Entre os longos, o DI para janeiro de 2012 devolvia 0,01 ponto, a 12,22%. Janeiro 2013 recuava 0,02 ponto, projetando 12,31%. E janeiro 2014 declinava 0,07 ponto, apontando 12,27%. Na agenda do dia a segunda prévia do Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), que mostrou inflação de 1,06%, acima do 0,95% registrado um mês antes, mas abaixo das expectativas do mercado que oscilação entre 1,20% e 1,7%. O índice mostra maior alta nos preços industriais e deflação nos segmentos agrícolas e nos preços ao consumidor. (Eduardo Campos | Valor)

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG