Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

DIs operam sem tendência definida, à expectativa da ata do Copom

SÃO PAULO - Os contratos de juros futuros operam sem rumo definido nesta segunda-feira depois cair por cerca de três semanas consecutivas. A redução nos prêmios de risco refletiu o consenso de mercado, agora chancelado pelo Banco Central (BC), de que a taxa Selic será reduzida em 2009.

Valor Online |

Na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM & F), o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) com vencimento para janeiro de 2010 operava estável a 12,79%. O contrato para janeiro 2011 tinha valorização de 0,01 ponto, a 13,42%. Janeiro 2012 apontava 13,60%, sem alteração.

Na ponta curta, o DI para janeiro de 2009 registrava queda de 0,01 ponto, para 13,50%. O vencimento julho de 2009 perdia 0,04 ponto, projetando 13,03%.

Na avaliação do diretor de gestão na Meta Asset Management, Alexandre Horstmann, até a divulgação da ata referente a reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), o mercado de DI deve ficar com pouca movimentação.

" A ata vai ser importante para começarmos a dimensionar o tamanho do corte de juros em janeiro " , resume o especialista.

Horstmann chama atenção para o comunicado apresentado junto com a decisão de manter a taxa estável em 13,75%. " Ao contrário das notas anteriores, essa foi muito mais clara, apontando que a taxa vai cair em janeiro. "
No breve comunicado divulgado na semana passada, o BC aponta que a possibilidade de redução de juros já foi discuta pelos integrantes do Copom. Na ata, que será apresentada na quinta-feira, o diretor espera que a autoridade monetária detalhe o motivo dessa discussão e a opção pela estabilidade da taxa.

Os investidores também acompanharam hoje o Boletim Focus, do BC, que apontou nova redução na previsão de inflação para 2008. O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deve encerrar o ano em 6,13%, contra 6,2% estimado na semana passada. Para 2009, o prognóstico foi mantido em 5,20%.

A estimativa para taxa de câmbio foi reajustada de R$ 2,27 para R$ 2,30 no final deste ano. A previsão para a taxa Selic no encerramento de 2009 caiu de 13,25% para 13%, ou seja, os agentes estimam uma redução de ao menos 0,75 ponto percentual na Selic durante o ano que vem.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG