SÃO PAULO - Os contratos de juros futuros começaram o dia em alta, com parte dos agentes mantendo a cautela enquanto aguardam a decisão de juros do Banco Central. Mas por volta das 12 horas as apostas de baixa voltaram a se consolidar, pendendo mais para uma redução de 1 ponto percentual na Selic.

Refletindo isso, o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) com vencimento para janeiro de 2010 apontava baixa de 0,04 ponto percentual, para 11,21%, na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F). O contrato para janeiro 2011 tinha desvalorização de 0,08 ponto, a 11,19%. E janeiro 2012 apontava 11,23%, com queda de 0,06 ponto.

Na ponta curta, o DI para fevereiro de 2009 marcava 12,75%, retração de 0,18 ponto. O vencimento para março de 2009 perdia 0,07 ponto, projetando 12,78%. E Julho de 2009 caía 0,04 ponto, para 11,92% ao ano.

Na opinião do economista da LCA Consultores, Francisco Pessoa Faria, existe um consenso de que o grande risco é para o lado da atividade e não para inflação. E isso quer dizer que a Selic deve cair em 0,75 ponto percentual. " Mas poderia cair 1 ponto. "
Faria destaca que a preocupação com a desvalorização cambial, único possível entrave a uma atuação mais agressiva do Banco Central, não cabe nesse momento. Os preços das matérias-primas já desabaram e há espaço para recuo dos produtos elaborados.

Confirmando tal raciocínio, o Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) apontou deflação de 0,58% na segundo medição do mês, aprofundando a queda de 0,36% registrada na primeira leitura de janeiro.

Ainda de acordo com o economista, mais importante que o corte em si é o Banco Central referendar as expectativas do mercado, que já trabalha com juros menores ao longo ao do ano. O mercado futuro projeta Selic na faixa de 11,20%.

Pela estimativa da LCA, além da redução de 0,75 ponto hoje, um novo corte de mesma magnitude é esperado para março. Em abril o ritmo cai para 0,5 ponto e recua para 0,25 ponto em junho e julho. Com isso, a Selic fecha o ano em 11,25%.

Na gestão da dívida pública, o Tesouro Nacional efetua leilão de troca de Letras do Tesouro Nacional (LTN). As propostas serão tomadas das 12h30 às 13h.

(Eduardo Campos | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.