Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Diretor-executivo, Jerry Yang, renuncia e Yahoo! fica à deriva

O diretor-executivo do Yahoo!, Jerry Yang, concordou em renunciar a seu cargo, deixando a ameaçada gigante da Internet sem um líder claro e aumentando a possibilidade de que algum comprador tente adquirir a companhia. O Yahoo!, que no início deste ano foi alvo de uma oferta considerada hostil de US$ 47,5 bilhões feita pela Microsoft, declarou ontem que tinha contratado uma agência para buscar um sucessor para Yang.

Agência Estado |

Ele foi co-fundador da empresa, há 13 anos, quando ainda era estudante da Stanford University.

O Yahoo! afirmou que consideraria candidatos ao cargo interna e externamente. A atual presidente Sue Decker é uma das avaliadas, segundo fontes ligadas ao caso. Não ficou claro por que a empresa não a apontou imediatamente para o cargo ou porque a demissão de Yang foi anunciada sem que um nome para a sucessão tivesse sido escolhido.

O novo CEO vai encarar uma série de difíceis desafios, incluindo o de tentar reverter a brusca queda do Yahoo! no negócio da publicidade online. O executivo poderá se ver ainda na incômoda situação de tentar firmar um acordo com potenciais compradores, estando na clara condição de mais fraco. A reação à notícia da saída de Yang foi rápida. As ações do Yahoo!, que tinham caído 1,8%, a US$ 10,63 durante o pregão regular, saltaram para US$ 11,10 no pregão after hours.

A empresa, que já liderou a publicidade na Internet, tem perdido participação de mercado para a Google Inc., e tem sido incapaz de gerar a mesma receita por serviços de busca quanto sua maior rival. O Yahoo! também tem sido mais afetado pelo atual enfraquecimento econômico, por estar mais vulnerável à retração do mercado publicitário. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG