O diretor-gerente do Fundo Monetário International, Dominique Strauss-Kahn, felicitou Barack Obama nesta quarta-feira pela vitória, dizendo-se alegrar de trabalhar com ele antes mesmo da posse, em janeiro.

"Gostaria que trabalhássemos juntos desde cedo para encararmos juntos e rapidamente os desafios apresentados pelas economias americana e mundial", destacou Strauss-Kahn.

Obama deve assumir oficialmente suas funções no dia 20 de janeiro, mas vários acontecimentos estão previstos para os próximos dias em matéria de política econômica, entre eles a cúpula do G-20, reunindo países industrializados e emergentes, no dia 15 de novembro em Washington.

A eleição de Obama, disse Strauss-Kahn, é um "acontecimento histórico" para os Estados Unidos.

"Representa o melhor dos ideais que nós, na comunidade internacional, nos esforçamos por encarnar", acrescentou em nota divulgada pelo FMI.

fga/chv/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.