Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Diretor da Petrobras afirma que greve não afetará fornecimento de combustíveis

RIO - O diretor de abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, afastou qualquer possibilidade de que a paralisação de cinco dias iniciada hoje pelos funcionários da empresa nas plataformas da Bacia de Campos afete o fornecimento de combustíveis no mercado brasileiro.

Valor Online |

 

Mesmo se tivéssemos uma consequência mais seria na questão da produção, os estoques teriam condições de atender o mercado sem nenhuma restrição. A Petrobras está preparada para esse momento, afirmou Costa, que participa de evento no Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio de Janeiro.

De acordo com o executivo, as equipes de contingência na empresa já trabalham nas unidades em que os funcionários aderiram à greve de cinco dias convocada pelo Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense. Costa explicou que foram afetadas as plataformas P-43 (Barracuda), P-47 (Marlim) e P-50 (Albacora).

O diretor da empresa acrescentou que a paralisação reduziu a média diária de produção da empresa em 7%, o equivalente a 136 mil barris diários, mas ressaltou que ainda hoje os níveis de produção voltarão ao normal - com ação das equipes de contingência.

Leia também:

 

Leia mais sobre: Petrobras  

Leia tudo sobre: petrobras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG