Os principais partidos da Dinamarca aprovaram, neste domingo, uma linha de crédito de 13,4 bilhões de euros (17,8 bilhões de dólares) para os bancos do país, informou o governo.

"Essa linha de crédito está destinada a combater o risco de que empresas e particulares se encontrem em uma situação de restrição do crédito, na qual não estariam em condições de pedir empréstimos a instituições financeiras e hipotecárias para financiar projetos sãos", acrescenta o Ministério dinamarquês da Economia.

po/tt

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.