calma do conflito com Equador - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dilma crê em gestão calma do conflito com Equador

A ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, acredita que haverá uma gestão calma e tranquila no conflito entre o governo do Equador e a construtora brasileira Norberto Odebrecht. A empreiteira foi expulsa do Equador, nesta semana, sob a acusação de ter construído uma hidrelétrica com problemas.

Agência Estado |

"O presidente já falou sobre isso (o conflito). Vamos fazer uma gestão calma e tranqüila. Vamos esperar passar esse momento de eleição", disse Dilma, referindo-se ao referendo de domingo, no Equador, sobre a nova Constituição do País. Com relação à ameaça do presidente equatoriano, Rafael Correa, de suspender o pagamento de empréstimo ao BNDES, Dilma disse que o banco não concedeu empréstimo ao governo do equador, mas para a empresa que construiu a hidrelétrica.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG