Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dez anarquistas detidos por sabotagem a trens de alta velocidade na França

A polícia francesa prendeu nesta terça-feira 10 anarquistas suspeitos de sabotar as infra-estruturas dos trens de alta velocidade do país, anunciou ministra do Interior, Michele Aillot-Marie.

AFP |

Os 10 foram presos em uma investigação sobre os atos de sabotagem cometidos contra as ferrovias da SNCF - companhia pública francesa de ferrovias - e pertencem, segundo um comunicado oficial, à "extrema-esquerda, à órbita anarco-autonomista".

"Descobrimos que estes militantes de extrema-esquerda têm vínculos com cinco países europeus e outros não europeus", disse a ministra, antes de revelar que o grupo francês tem contatos na Bélgica, Alemanha, Itália e Grécia, entre outros.

Nenhum dos detidos é funcionário da empresa ferroviária.

No sábado passado, milhares de passageiros foram afetados por atrasos em mais de 160 trens de alta velocidade entre Paris, Londres, Bruxelas e várias cidades francesas. Barras de ferro foram colocadas em curvas das ferrovias.

O ataque avariou vários pontos de alta tensão, mas não deixou feridos.

dc-bur/fp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG