Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Deutsche Post corta 15.000 empregos e encerra iniciativa nos EUA

O gigante alemão de logística Deutsche Post pôs fim nesta segunda-feira à sua fracassada tentativa de expansão para os Estados Unidos, ao anunciar o corte de 15.000 postos de trabalho na empresa após ter registrado um prejuízo de bilhões de dólares com a crise financeira.

AFP |

O grupo alemão, que tem 31% de suas ações na mão do Estado, informou que suspenderia, a partir de 30 de janeiro, suas entregas de correio expresso no mercado doméstico americano, controladas por sua filial DHL, para focar apenas nas encomendas internacionais.

Como conseqüência, 9.500 empregos serão suprimidos, além dos 5.400 já sacrificados este ano na divisão interna americana, fortemente deficitária.

O balanço social pode ser ainda mais pesado: segundo a imprensa alemã, cerca de 20.000 empregos dependem da DHL Express, através de pessoal terceirizado.

Em um comunicado, o Deutsche Post estimou que a reestruturação custará 3 bilhões de euros (3,9 bilhões de dólares) em dois anos.

"Não temos alternativa", lamentou Frank Appel, presidente da empresa.

aue/ap

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG