Tamanho do texto

O Conselho de Vigilância da PSA Peugeot Citroën destituiu o presidente do grupo automobilístico francês Christian Streiff e designou Philippe Varin, ex-dirigente do grupo siderúrgico Corus, para sustitui-lo a partir de 1 de junho, anunciou neste domingo o próprio Conselho.

A PSA Peugeot Citroën, a maior montadora de automóveis da França e segunda europeia, prevê uma queda de 20% de suas vendas neste ano e, como a concorrente Renault, anunciou o corte de milhares de postos de trabalho. Ela registrou no ano passado suas primeiras perdas financeiras em 10 anos.

Desde o início da crise, a direção cortou 1.000 empregos temporários, não renovando contratos. Negociações estão em andamento para a demissão voluntária de 150 executivos.

A PSA Peugeot Citroen possuía 207.850 funcionários em todo o mundo em 2007.

Leia mais sobre: Peugeot Citroën

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.