Londres, 2 jul (EFE).- Um desenho pertencente a um dos oito álbuns privados do pintor espanhol Francisco de Goya y Lucientes, que não saía à venda desde 1877, será leiloado no dia 6 de julho na casa londrina Sotheby's.

Londres, 2 jul (EFE).- Um desenho pertencente a um dos oito álbuns privados do pintor espanhol Francisco de Goya y Lucientes, que não saía à venda desde 1877, será leiloado no dia 6 de julho na casa londrina Sotheby's. A pintura, que pertencia ao "Álbum F" de Goya, conhecido como "Sépia" ou "Imágenes de España", é estimada entre 700 mil e 900 mil libras. Goya guardava desenhos e rascunhos que catalogou em oito volumes correspondentes a diferentes períodos de sua carreira como pintor e que, com o tempo, foram desmontados para vender os desenhos separadamente. Na parte final do "Álbum F", em que está o desenho que vai a leilão, Goya compilou uma série de cenas de caça, atividade que o artista praticou durante a sua juventude. Os desenhos dos álbuns privados de Goya se dispersaram em coleções públicas e privadas, e este concretamente não era vendido desde 1877. Outra das jóias do leilão é um desenho de Wenceslaus Calcar no qual aparece a antiga Catedral de São Paulo de Londres desenhada como era uma década antes de ser reduzida a cinzas no "Grande Incêndio" que assolou a capital britânica em 1666. Outros lotes são uma aquarela do pintor britânico William Turner e outra do artista italiano Cavalier d'Arpino. EFE cda/pb

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.