Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Desemprego sobe a 7,8% em novembro na zona do euro

SÃO PAULO - A taxa de desemprego na zona do euro subiu em novembro de 2008 para 7,8%, ante 7,7% registrado em outubro, os dados foram divulgados pela agência de estatísticas Eurostat. A taxa de novembro é a maior desde dezembro de 2006.

Agência Estado |

O PIB da zona do euro caiu 0,2% no terceiro trimestre do ano passado em comparação com o segundo trimestre, e aumentou 0,6% frente ao terceiro trimestre do ano anterior, de acordo com dados revisados e divulgados pela agência de estatísticas da União Européia.

No segundo trimestre, o PIB havia caído também 0,2% ante o primeiro, e aumentado 1,4% frente ao segundo trimestre de 2007.

O fraco desempenho do PIB respalda previsões de que o Banco Central Europeu (BCE) pode reduzir novamente a taxa básica de juros da região, atualmente em 2,5% ao ano. Seria a primeira vez que a autoridade monetária diminui a taxa por quatro meses seguidos.

O sentimento econômico entre empresas e consumidores da zona do euro piorou em dezembro e atingiu o pior nível desde que a pesquisa começou a ser feita pela Comissão Européia, em janeiro de 1985. O índice geral de sentimento caiu para 67,1 no mês passado, ante 74,9 em novembro e previsão de economistas de 71,3.

A confiança do consumidor em dezembro piorou para -30 em dezembro, de -25 em novembro e expectativa de -26. A confiança na indústria recuou de -25 para -33, ante previsão de -30. Os dois indicadores também caíram para os menores níveis já registrados na história da pesquisa. 

Leia tudo sobre: desemprego zona do euro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG