As empresas americanas cortaram 240 mil empregos em outubro, informou nesta sexta-feira o governo, acrescentando que a taxa de desemprego subiu para 6,5%, seu nível mais alto desde março de 1994.

Os analistas esperavam uma perda de 200 mil vagas e um desemprego de 6,3%.

De janeiro a outubro de 2008, houve corte de 1,2 milhão de vagas nos Estados Unidos, sendo que quase metade do fechamento dos postos ocorreu nos últimos três meses.

Em outubro, foram reduzidas as equipes no setor de construção, manufatureiro e de serviços. Cuidados com saúde e mineração seguiram contratando pessoal.

(Com informações da AFP e Valor Online)

Leia mais sobre emprego

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.