Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Desemprego nos EUA faz petróleo fechar em baixa

Os contratos futuros de petróleo fecharam em baixa depois que um indicador mostrou que a economia dos EUA perdeu empregos pelo 12º mês consecutivo em dezembro, segundo operadores e analistas. Na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês), os contratos futuros de petróleo com entrega em fevereiro caíram US$ 0,87, ou 2,09%, e fecharam a US$ 40,83 por barril.

Agência Estado |

Incluindo as transações do sistema eletrônico Globex, a mínima foi de US$ 39,38 e a máxima foi de US$ 42,70.

Os preços do petróleo caíram pelo quarto dia consecutivo e, desde segunda-feira, acumulam uma queda de 16,3%, ou US$ 7,98 por barril, com as preocupações relacionadas com os crescentes estoques nos EUA ofuscando os combates na Faixa de Gaza e a agora resolvida disputa sobre o fornecimento de gás da Rússia para a Europa através da Ucrânia.

O relatório de emprego de dezembro dos EUA acrescentou estresse e reforçou o cenário econômico deprimente que desencadeou a maior queda na demanda por petróleo desde 1980 no ano passado. O Departamento do Trabalho informou que a economia dos EUA perdeu 524 mil vagas em dezembro, em linha com as expectativas. Mas o dado de novembro foi revisado para uma perda maior, de 584 mil vagas, que foi a maior desde 1974.

Em 2008, a economia dos EUA perdeu 2,8 milhões de empregos, a maior queda desde 1945, com a taxa de desemprego atingindo a máxima em 16 anos, de 7,2%.

Na ICE Futures, em Londres, os contratos de petróleo Brent para fevereiro fecharam a US$ 44,42 por barril, queda de US$ 0,25. A mínima foi de US$ 42,79 e a máxima de US$ 45,67. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG