O desemprego nos Estados Unidos continuará alto por longo tempo, apesar dos esforços do Estado por reativar a economia, disse nesta quinta-feira Christina Romer, chefe dos conselheiros econômicos do presidente Barack Obama na Casa Branca.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237577418832&_c_=MiGComponente_C

A funcionária falou sobre o assunto na comissão mista de economia do Senado e da Câmara de Representantes.

A tasa de desemprego ficou em 9,8% em setembro, a mais alta desde 1983, contra 4,7% em setembro de 2007.

Os 7,2 milhões de postos de trabalho perdidos desde o começo da recessão, em dezembro de 2007, serão muito difíceis de serem recuperados, e mais difícil ainda será reduzir a desocupação, explicou Romer.

Leia mais sobre desemprego

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.