SÃO PAULO - A taxa de desemprego do Reino Unido ficou em 6,3% no quarto trimestre do ano passado, o maior nível desde o primeiro trimestre de 1998, quando a taxa de britânicos desempregados era de 6,4%. Os dados foram divulgados há pouco pelo órgão oficial de estatísticas britânico, ONS, e mostram que, ante o terceiro trimestre de 2008, houve um aumento de 0,4 ponto percentual. Na comparação com o mesmo período do ano passado, o aumento foi de 1,1 ponto percentual.

No período, havia 1,97 milhão de pessoas desempregadas no Reino Unido, fruto do aumento de 369 mil frente ao quarto trimestre de 2007, e de 146 mil ante o trimestre anterior.

"Enquanto houve uma queda de 78 mil pessoas em empregos em tempo integral, o número de pessoas em meio-período cresceu em 33 mil", enfatizou o órgão oficial em nota.

O ONS informou ainda que a taxa de crescimento anual nos salários médios no Reino Unido foi de 3,6% nos últimos três meses do ano, excluindo os bônus. Já incluindo os bônus, os salários aumentaram 3,2% no período.

(Vanessa Dezem | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.