Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Desemprego na Grécia diminui, mas economia contrai em 2009

ATENAS (Reuters) - O Produto Interno Bruto (PIB) da Grécia caiu ligeiramente menos do que o esperado no final de 2009 e a taxa de desemprego diminuiu, mas a economia aponta para uma deterioração com os cortes do governo. Com uma economia de 240 bilhões de euros, cerca de 2,5 por cento da zona do euro, a Grécia contraiu a uma taxa anual de 2,5 por cento no quarto trimestre de 2009, o mesmo que no terceiro trimestre, informou o serviço de estatística nacional nesta sexta-feira.

Reuters |

As projeções apuradas pela Reuters apontavam declínio de 2,6 por cento naquela economia.

Na relação com o trimestre imediatamente anterior, houve retração de 0,8 por cento.

Para efeito de comparação, a economia nos 16 países que adotam o euro cresceu 0,1 por cento no quarto trimestre frente ao terceiro e recuou 2,1 por cento em relação a um ano antes.

A Grécia entrou na sua primeira recessão em 16 anos no ano passado e a expectativa é de que continue a registrar contração neste ano.

A agência de estatística também informou que a taxa de desemprego naquele país caiu para 10,2 por cento em dezembro, ante 10,6 por cento em novembro e 8,9 por cento no mesmo mês de 2008.

Na zona do euro, a taxa de desemprego média ficou em 9,9 por cento em janeiro e dezembro, o maior nível desde outubro de 1998, de acordo com a Eurostat.

(Reportagem de Ingrid Melander e Renee Maltezou)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG