Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Desemprego na Argentina cai para 7,8% no 3º trimestre do ano

Buenos Aires, 21 nov (EFE) - A taxa de desemprego na Argentina baixou no terceiro trimestre do ano para 7,8%, 0,3 ponto percentual abaixo do nível registrado no mesmo período de 2007, informaram hoje fontes oficiais.

EFE |

Os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística e Censos (Indec) indicam que, entre julho e setembro, 871 mil pessoas que procuravam trabalho não tinham emprego.

A taxa de desemprego do primeiro trimestre de 2008 tinha sido de 8,4%, enquanto em junho era de 8%.

A Argentina registrou um máximo de desemprego de 24,1% no segundo trimestre de 2002, após a explosão de uma das piores crises econômicas, políticas e sociais do país.

O desemprego no terceiro trimestre teria sido de 7,9% se fossem considerados como desocupados os quase 600 mil chefes de família sem emprego que recebem um subsídio mensal por parte do Estado.

O organismo oficial também indicou que 9,2% da população economicamente ativa está subempregada, indicador que se situou 0,1 ponto abaixo da taxa do terceiro trimestre de 2007.

A população com emprego em condições precárias alcança 1,02 milhão de pessoas, de acordo com o Instituto. EFE hd/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG