Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Desemprego diminui em setembro nas seis áreas pesquisadas pelo Dieese

SÃO PAULO - A taxa média de desemprego do país diminuiu de 14,5% em agosto para 14,1% em setembro. É o que mostra a Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED) do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), que avalia seis das principais regiões metropolitanas do país.

Valor Online |

Os dados mostram que 2,839 milhões de pessoas estavam desempregadas em setembro, 72 mil pessoas a menos do que no mês imediatamente anterior.

Na comparação deste contingente com o registrado há um ano, a diminuição no desemprego é ainda maior. Em setembro de 2007, estas mesmas seis regiões contavam com 3,007 milhões de desempregados, ou 168 mil pessoas a mais do que o divulgado hoje pelo Dieese.

Todas as seis regiões metropolitanas pesquisadas mostraram queda no seu nível de desemprego. A maior redução entre agosto e setembro aconteceu em Recife, onde a taxa caiu de 21,3% para 20,4%, seguida por São Paulo (de 14% para 13,5%), Belo Horizonte (de 9,7% para 9,5%), Salvador (de 19,9% para 19,7%), Porto Alegre (11,3% para 11,2%) e, por fim, Distrito Federal (de 15,9% para 15,8%).

No período, o mercado abriu 130 mil vagas, que foram preenchidas pelos 58 mil trabalhadores que entraram no mercado de trabalho e 72 mil desempregados que conseguiram uma ocupação.

O setor de serviços foi o que mais cresceu, abrindo 171 mil vagas, seguido pela construção civil, com 18 mil empregos e indústria, com 16 mil postos. O Dieese indica que 37 mil vagas foram fechadas no comércio e mais 38 mil foram eliminadas em serviços domésticos e outros setores não mencionados.

Na avaliação do rendimento médio, que utiliza com dados de agosto, o Dieese registrou aumento de 1% nos ganhos em relação a julho. O rendimento médio das seis regiões apurada equivaleu a R$ 1.171.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG