Tamanho do texto

Londres, 12 nov (EFE).- O desemprego no Reino Unido subiu em 140 mil pessoas entre julho e setembro, para 1,82 milhão de desempregados, o número mais alto em onze anos, informou hoje o Escritório Central de Estatística (ONS, em inglês).

O número, que é calculado levando em conta os que se beneficiam do seguro-desemprego e os que não, equivale a 5,8% da força de trabalho do país, acrescentou a fonte.

O número de pessoas que recebem seguro-desemprego aumentou em 36,5 mil pessoas em outubro, para 980,9 mil, o maior aumento mensal desde 1992.

A renda média aumentou 3,3% no último ano, até setembro passado.

Os números divulgados hoje não levam em conta os cortes de empregos anunciados recentemente por empresas como Virgin Media, a construtora Taylor Wimpey e a farmacêutica GlaxoSmithKline, que, entre elas, esperam reduzir cerca de 5 mil postos. EFE vg/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.