Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Desempenho da indústria do ES destaca-se em janeiro, nota IBGE

SÃO PAULO - A produção industrial do Espírito Santo aumentou 5,6% em janeiro, em relação a um mês antes, ficando bem acima da média nacional no período, de 1,1% de alta, na série com ajuste sazonal. A informação consta da Pesquisa Industrial Mensal Regional, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Valor Online |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237561623225&_c_=MiGComponente_C

No primeiro do mês deste ano, sobressaíram ainda a atividade fabril no Ceará e aquela em Pernambuco, com crescimento de 5,4% cada. No último caso, o resultado de janeiro representou uma mudança de rumo em relação ao fim de 2009, quando a produção industrial pernambucana declinou 2,5%.

As indústrias de São Paulo e Pará também verificaram taxa mensal idêntica de expansão da produção, de 3%. Vale notar que, de dezembro de 2009 para janeiro de 2010, dos 14 locais investigados pelo IBGE, 13 apuraram crescimento na atividade fabril. No Amazonas, a indústria apresentou estabilidade.

Levando em conta o comparativo com janeiro de 2009, houve crescimento generalizado nas áreas analisadas pelo organismo. Com forte avanço e acima da média nacional (16%), apareceram Espírito Santo (48,5%), Amazonas (33,9%), Minas Gerais (28,8%), Bahia (23,6%) e Rio Grande do Sul (20,9%).

Ainda com dois dígitos de avanço na produção industrial, ficaram Goiás (19,8%), Ceará (16,7%), São Paulo (15,6%), região Nordeste (11,5%), Rio de Janeiro (10,7%) e Paraná (10,4%). Em Santa Catarina, a indústria verificou ampliação de 7,9% na atividade e, no Pará, de 5,8%. Em Pernambuco, a produção industrial subiu 1,2% no início de 2010, em relação a um ano antes.

Sobre o desempenho da indústria capixaba na base anual, a expansão de 48,5% foi a maior desde o início da série do IBGE. Já a alta de 33,9% apurada pela indústria amazonense implicou "a maior marca no confronto com igual mês do ano anterior desde abril de 2004", conforme o instituto.

Leia tudo sobre: ibgeindústria

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG