Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Desembolso de R$ 75 bi é recorde para primeiros 10 meses do ano

RIO - Os desembolsos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) atingiram R$ 71,52 bilhões entre janeiro e outubro, alta de 44% em relação a igual período do ano passado e volume recorde para os 10 primeiros meses de um ano.

Redação com agências |

Em 12 meses, os desembolsos foram de R$ 86,594 bilhões, alta de 30% em relação aos 12 meses anteriores e volume também recorde para um intervalo de 12 meses, Os desembolsos em infra-estrutura atingiram R$ 28,266 bilhões entre janeiro e outubro, enquanto a indústria recebeu R$ 28,942 bilhões.

O setor de comércio e serviços ficou com R$ 8,626 bilhões, a agropecuária recebeu R$ 4,329 bilhões e outros setores ficaram com R$ 1,357 bilhão.

Nos 12 meses encerrados em outubro, os recursos liberados para a infra-estrutura subiram 47% em relação aos 12 meses anteriores e atingiram R$ 35,086 bilhões. O valor superou o destinado à indústria, que cresceu 16%, para R$ 34,492 bilhões. A seguir vieram comércio e serviços, com R$ 10,317 bilhões, agropecuária, com R$ 5,342 bilhões, e outros setores, com R$ 1,357 bilhões.

Infra-estrutura

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, Luciano Coutinho, anunciou nesta quinta-feira que o BNDES vai disponibilizar até R$ 2,5 bilhões em uma linha de empréstimo-ponte para grupos interessados em futuros leilões concessão em infra-estrutura no Brasil.

Segundo ele, parte desses recursos são oriundos de um financiamento adicional de R$ 10 bilhões de reais para o BNDES, anunciado recentemente pelo Ministério da Fazenda.

O presidente do banco acrescentou que o empréstimo-ponte terá um custo de 14,5% ao ano, spread básico (diferença entre a taxa paga pelo banco e a cobrada do tomador) de 1,3% e spread de risco do tomador de empréstimo que poderá oscilar entre 0,4% e 3,5% ao ano.

"É uma linha de ponte indissociável do investimento. É um conforto adicional para que o leilão seja benéfico para a sociedade", disse Coutinho.

(Com Valor Online e Reuters)

Leia mais sobre os desembolsos do BNDES

Leia tudo sobre: bndes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG