MOSCOU (Reuters) - A disputa entre a Rússia e a vizinha Ucrânia sobre o preço do gás obrigou a estatal do gás russa Gazprom a fechar mais de cem estações de produção de gás, segundo noticiaram neste domingo agências de informação locais, citando o premiê russo, Vladimir Putin. A Gazprom também sofreu perdas de 800 milhões de dólares devido ao desentendimento.

Desavenças sobre o preço do gás levou a Rússia a cortar o fornecimento para a Ucrânia há duas semanas.

"Nesses dias de suspensão de entregas via Ucrânia, a Gazprom sofreu perdas de cerca de 800 milhões de dólares. A Gazprom foi forçada a interromper o trabalho em mais de cem estações", disse a agência Interfaz, citanto Putin.

(Por Amie Ferris-Rotman)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.