A agência de classificação de risco Fitch Ratings afirmou que o desafio fiscal enfrentado pelo governo do Reino Unido é enorme e justifica uma forte estratégia de consolidação no médio prazo, incluindo um ritmo mais rápido de redução do déficit do que o determinado no orçamento divulgado em abril deste ano. A Fitch recomendou que o Reino Unido reduza os empréstimos que toma em mais 1% do Produto Interno Bruto (PIB) por ano para manter seu rating AAA.

A agência de classificação de risco Fitch Ratings afirmou que o desafio fiscal enfrentado pelo governo do Reino Unido é enorme e justifica uma forte estratégia de consolidação no médio prazo, incluindo um ritmo mais rápido de redução do déficit do que o determinado no orçamento divulgado em abril deste ano. A Fitch recomendou que o Reino Unido reduza os empréstimos que toma em mais 1% do Produto Interno Bruto (PIB) por ano para manter seu rating AAA.

O alerta da Fitch veio no momento em que o governo do Reino Unido elabora novos detalhes sobre como vai solucionar um déficit orçamentário que atingiu 156 bilhões de libras (US$ 224,9 bilhões) no último ano financeiro. Além disso, os comentários foram feitos um dia depois de o primeiro-ministro David Cameron afirmar que o Reino Unido poderá ter de pagar 70 bilhões de libras em juros até 2015 se não agir rapidamente para controlar suas dívidas. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.