FBovespa em janeiro - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Derivativos giram R$ 2,4 trilhões na BM FBovespa em janeiro

SÃO PAULO - Os mercados de derivativos (incluindo financeiros e agropecuários) registram giro financeiro de R$ 2,4 trilhões em janeiro na BM & FBovespa. Tal montante representa um expressivo crescimento de 32% em relação ao R$ 1,82 trilhão registrado no mês final de 2008.

Valor Online |

Ainda na comparação mensal, os contratos negociados subiram 28%, totalizando 28,4 milhões.

Assim como em dezembro do ano passado, os investidores financeiros estiveram à frente da negociação no mercado de derivativos, respondendo por 49,17% da movimentação contra os 48,4% anteriores.

Os investidores institucionais ficaram com 20,58%, ante 20,19%. Os investidores estrangeiros responderam por 19,39% em relação aos 19,84% passados. As pessoas físicas ficaram com 7,76% do volume, ante 7,79%; e os investidores não-financeiros tiveram participação de 3,10% frente aos 3,78%.

Apesar da baixa participação no volume, o interesse das pessoas físicas pelos derivativos vem aumentando e isso pode ser percebido pelos dados da Clearing de Derivativos, que fechou o mês de janeiro com 82.345 CPFs cadastrados, em comparação aos 81.003 do mês antecedente.

No segmento financeiro, destaque para os futuros de taxa de juro (Depósito Interfinanceiro - DI), que contabilizaram 12,6 milhões de contratos em janeiro deste exercício, aumento de 34% perante os 9,4 milhões em dezembro de 2008.

O dólar comercial futuro negociou 4,3 milhões de contratos contra 4,06 milhões negociados no fim do ano passado. O futuro de Ibovespa movimentou 1,1 milhão de contratos no mês passado, apontando estabilidade em relação a dezembro.

Em relação aos contratos em aberto, ao final do último pregão de janeiro, o mercado de derivativos registrou 12,7 milhões de posições ante 17,9 milhões registradas em dezembro.

No segmento de derivativos agropecuários (incluindo futuros e opções) foram transacionados 153 mil contratos, 14% menos que os 179,2 mil de dezembro.

O boi gordo registrou 72,4 mil contratos negociados, o que representa uma queda de 25% em relação aos 97,4 mil do mês final de 2008. O café arábica somou 45,45 mil contratos, elevação de 27% ante 35,6 mil em novembro. A soja movimentou 18,31 mil contratos, ante 18,37 mil. Por fim, o milho teve queda expressiva de 51%, girando 11,8 mil contratos contra 24,2 mil.

Ao fim do último pregão de janeiro, os mercados agropecuários registraram 72,01 mil posições em aberto. Em dezembro, esse número era de 69,5 mil.

O mercado de minicontratos derivativos, principal meio de negociação para o pequeno investidor, apresentou expansão no começo do ano. O número de contratos negociados teve ampliação de 24%, para 883,1 mil em janeiro.

Do total, o mercado futuro de Ibovespa míni negociou 865,6 mil contratos, ante 689,4 mil. Já os mínis de dólar comercial futuro registraram negociação de 16.047 contratos, ante 18,3 mil minicontratos negociados no fim de 2008. Os minicontratos futuros encerraram janeiro com 17,3 mil posições em aberto, frente aos 10,7 mil no período anterior.

O mercado disponível de ouro (250 gramas) também teve expansão em janeiro. Foram 715 contratos negociados contra 595 em dezembro, alta de 20%. O volume financeiro à vista somou R$ 11 milhões, contra R$ 8,9 milhões no último mês do ano passado.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG