Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Deral: feijão teve valorização de até 193% em um ano no PR

São Paulo, 23 - O produtor do Paraná recebe hoje pelo feijão preços até 193% maiores que em julho do ano passado. É o caso do feijão preto, hoje comercializado pelo produtor a R$ 121,95 a saca de 60 quilos ante R$ 41,53/saca em julho de 2007.

Agência Estado |

No caso do feijão carioca, a valorização ao produtor foi de 130%. A saca é negociada a R$ 132,98 ante R$ 57,75/saca no mesmo mês de 2007. Os dados são do Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria de Agricultura do Paraná.

A alta de preços ainda reflete a menor produção brasileira no ano passado. Mas, a exemplo dos demais produtos agrícolas, o feijão também subiu no mercado internacional. Segundo dados do Deral, passou de US$ 266,11 a tonelada em 2001 para US$ 907,02/t hoje, quase 241% mais.

Para este ano, a expectativa é de que a valorização do produto no mercado incentivará o plantio nas três safras do grão. Segundo o Deral, o plantio de feijão da 1ª safra de 2008/09 ainda não começou, por causa da falta de chuvas, caso de Francisco Beltrão. Nas demais regiões do Estado, o plantio começa em agosto, com concentração nos meses de setembro e outubro.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG