Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Deputados dos EUA rejeitam plano de resgate e Wall Street cai mais de 500 pontos

A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos rejeitou o plano de resgate financeiro de 700 bilhões de dólares por 228 votos contra e 205 a favor.

AFP |

A votação se manteve aberta durante certa tempo por parte dos líderes democratas e republicanos, numa tentativa de incentivar uma mudança de posição dos congressistas que votavam contra o projeto, e ante o olhar atônito de muitos legisladores.

Ainda não está claro quais são os próximos passos para tentar resolver a crise. A situação pode ficar mais complicada por causa do Ano Novo judeu comemorado nesta segunda-feira, pois muitos legisladores podem deixar o plenário em função do feriado.

Enquanto isso, a bolsa de Nova York caía mais de 500 pontos.

O índice Dow Jones perdia 4,75% e o Nasdaq 6,90% diante dos temores de que o plano de resgate dos bancos seria rejeitado pela câmara baixa.

Mais cedo, o presidente George W. Bush pediu ao Congresso Unidos que votasse rapidamente o plano de resgate bancário de 700 bilhões de dólaress.

Em um breve discurso na Casa Branca, o presidente explicou, no entanto, que o resgate bilionário não solucionará todos os problemas financeiros americanos, que podem prosseguir "por algum tempo".

Depois de uma semana de negociações, os líderes parlamentares e o governo de George W. Bush fecharam um acordo sobre os termos do plano.

O plano proposto pelo secretário do Tesouro, Henry Paulson, prevê a liberação de 700 bilhões de dólares para a aquisição dos créditos podres dos bancos, duramente afetados pela crise dos empréstimos imobiliários de alto risco.

ok/cn

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG