Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Depois de pacote gigante para Europa, Wall Street fecha com ganhos

SÃO PAULO - O plano de quase US$ 1 trilhão para resgatar os países europeus mergulhados em dívidas serviu para melhorar o clima dos mercados e Wall Street fechou em alta nesta segunda-feira. O índice Dow Jones apresentou avanço de 3,90%, aos 10.

Valor Online |

SÃO PAULO - O plano de quase US$ 1 trilhão para resgatar os países europeus mergulhados em dívidas serviu para melhorar o clima dos mercados e Wall Street fechou em alta nesta segunda-feira. O índice Dow Jones apresentou avanço de 3,90%, aos 10.785 pontos. O Nasdaq teve alta de 4,81%, aos 2.375 pontos. O S & P-500, por sua vez, ganhou 4,40%, aos 1.160 pontos. Neste fim de semana, os ministros das finanças dos países da União Europeia fecharam acordo para criar um fundo de estabilização de emergência de 500 bilhões de euros para as nações da região que tenham dificuldades na solvência de suas dívidas. O Fundo Monetário Internacional (FMI) deverá contribuir com mais 250 bilhões de euros para o pacote. A notícia foi recebida com ânimo pelos investidores, que temem a desvalorização do euro. Além disso, para proteger a moeda europeia, o Banco Central Europeu (BCE) anunciou hoje a compra de bônus privados e do governo. Os agentes pareceram se importar pouco com notícias negativas vindas do âmbito corporativo. A empresa de crédito imobiliário Fannie Mae pediu mais uma vez ajuda do governo dos EUA, diante da fraqueza do mercado imobiliário no país. Desta vez, a empresa requer US$ 8,4 bilhões para melhorar suas contas, depois de ter registrado um primeiro trimestre com prejuízo de US$ 11,5 bilhões. A instituição já recebeu do governo cerca de US$ 76 milhões em resgate durante a crise. (Vanessa Dezem | Valor com agências internacionais)

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG