confiantes sobre voto republicano no Senado dos EUA - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Democratas se dizem confiantes sobre voto republicano no Senado dos EUA

Os democratas do Senado se declararam nesta quinta-feira confiantes em sua capacidade de convencer os republicanos da Câmara alta a aprovarem o plano de recuperação da economia americana, que passou na noite de quarta-feira pela Câmara dos Representantes, mas sem os votos republicanos.

AFP |

"Confio em que contaremos com o voto republicano sobre o projeto de lei", declarou em entrevista coletiva o líder da maioria democrata, Harry Reid, no dia seguinte à aprovação pela Câmara baixa de um plano de recuperação de 819 bilhões de dólares, sem nenhum voto republicano.

"Se não conseguirmos (o voto republicano), não será por não ter tentado", acrescentou, prometendo terminar o trabalho iniciado pela Câmara antes do recesso parlamentar de fevereiro.

O senador democrata Chuck Schumer lembrou que os democratas já fizeram concessões ao incluir no plano medidas suplementares de isenções fiscais, como pedem os republicanos. "Meu sonho é que os republicanos trabalhem conosco", afirmou.

Schumer ainda qualificou de "injustas" as declarações do líder republicano na Câmara dos Representantes, John Boehner, segundo as quais o voto negativo de seus colegas na noite de quinta-feira foi provocado pela presidente democrata da instituição, Nancy Pelosi, que teria rejeitado as concessões pedidas pela oposição.

"Queremos que nossos colegas republicanos do Senado se distanciem de seus colegas republicanos da Câmara e trabalhem conosco superando as divergências partidárias", declarou.

Por sua vez, o senador Durbin, número dois dos democratas no Senado, perguntou: "Qual é a alternativa dos que votaram contra o plano? Não podemos simplesmente ficar de braços cruzados sem fazer nada".

emp/yw

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG