Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Democratas defendem plano de ajuda às famílias de 56,2 bilhões de dólares

Os dirigentes democratas apresentaram nesta quinta-feira um projeto de plano de resgate de 56,2 bilhões de dólares destinado a ajudar as famílias americanas abaladas pela crise financeira.

AFP |

"Não podemos nos esquecer da classe média em nossas tentativas de resolver a crise de Wall Street", alertou o chefe da maioria democrata no Senado, Harry Reid, em comunicado conjunto com o senador democrata Robert Byrd.

"Temos que adotar rapidamente outro plano de resgate econômico, que criará centenas de milhares de bons empregos americanos e evitará que serviços cruciais sejam prejudicados", acrescentou.

Os parlamentares americanos anunciaram nesta quinta-feira que chegaram a um acordo sobre as grandes linhas do plano de resgate do setor bancário de 700 bilhões de dólares defendido pelo governo.

"Minha esperança é que possamos chegar a um acordo muito rapidamente", destacou, por sua vez, o presidente George W. Bush, durante um encontro com líderes do Congresso na Casa Branca. Os candidatos à eleição presidencial de 4 novembro, o democrata Barack Obama e o republicano John McCain, também participaram da reunião.

A classe média americana foi duramente abalada pela crise imobiliária, pela disparada dos preços do petróleo e dos alimentos e pelo aumento do desemprego, que atingiu 6,1% em agosto, seu nível mais alto em cinco anos.

jkb/yw

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG