O presidente democrata da Comissão de Serviços Financeiros da Câmara de Representantes dos EUA, Barney Frank, apoiou, nesta segunda-feira, a idéia de um plano de resgate da economia e pediu a implementação de um conselho de vigilância do salvamento do sistema financeiro americano.

"Devemos instaurar um conselho de vigilância" do plano apresentado pelo secretário do Tesouro dos EUA, Henry Paulson, defendeu Frank, representante por Massachusetts (nordeste), em uma coletiva de imprensa, nesta segunda-feira, no Capitólio.

Frank explicou que o conselho verificaria "o que se compra, que tipo de companhias se compra" dentro de um plano de aquisição do Estado de ativos sem liquidez dos bancos.

"Faz falta um plano de salvamento, que inclua infra-estrutura, ajuda no setor de saúde, ajuda ao emprego", declarou, lembrando que o índice de desemprego nos Estados Unidos é o mais alto dos últimos cinco anos, 6,1%.

Para Frank, o novo plano "não deverá estar no projeto de lei" sobre o salvamento do sistema financeiro, mas à margem.

Segundo ele, negociações estão em curso no Senado e na Câmara de Representantes para se chegar a um acordo. "Há mais consenso hoje do que havia na sexta-feira", comentou, acrescentando que as transações também podem durar "mais tempo" do que o previsto.

"Repito que devemos melhorar nosso sistema regulatório", insistiu Frank.

Sobre Paulson, disse que fez "um bom trabalho", referindo-se ao plano.

Leia mais sobre bancos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.