NOVA YORK (Reuters) - O número de demissões planejadas por empresas nos Estados Unidos aumentou em março, mas o corte de vagas planejado para o primeiro trimestre diminuiu em relação a um ano antes, mostrou uma pesquisa nesta quinta-feira.

Os empregadores anunciaram 67.611 cortes planejados no mês passado, acima das 42.090 demissões do mês anterior, de acordo com levantamento da consultoria global de recolocação profissional Challenger, Gray & Christmas, Inc.

NOVA YORK (Reuters) - O número de demissões planejadas por empresas nos Estados Unidos aumentou em março, mas o corte de vagas planejado para o primeiro trimestre diminuiu em relação a um ano antes, mostrou uma pesquisa nesta quinta-feira.

Os empregadores anunciaram 67.611 cortes planejados no mês passado, acima das 42.090 demissões do mês anterior, de acordo com levantamento da consultoria global de recolocação profissional Challenger, Gray & Christmas, Inc.

No primeiro trimestre, o total de 181.183 demissões, contudo, é 69 por cento inferior aos 578.510 cortes dos primeiros três meses de 2009.

(Reportagem de Caroline Valetkevitch)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.