Após atingir patamar recorde em setembro, demanda dos consumidores por crédito teve queda de 3,2%

Após ter atingido nível recorde em setembro, a demanda dos consumidores por crédito recuou 3,2% em outubro, segundo levantamento divulgado nesta segunda-feira pela Serasa Experian. Em comparação com outubro do ano passado, a procura por crédito aumentou 15,2%. De janeiro a outubro, observa-se alta de 15,7% em relação a igual período do ano passado.

Na avaliação da Serasa Experian, o recuo mensal pode ser explicado pela menor quantidade de dias úteis em outubro (20) em relação a setembro (21). Além disso, a procura recorde por crédito em setembro indica que grande parte dos consumidores antecipou a compra dos presentes do Dia das Crianças.

Os consumidores de baixa renda (rendimento mensal abaixo de R$ 500) foram os que mais contribuíram para a queda da procura por crédito em outubro. O grupo apresentou recuo de 5% em relação a setembro. Todas as outras faixas de rendimento também registraram queda na demanda por crédito.

Já no acumulado do ano, os consumidores de baixa renda lideram a busca por crédito, com crescimento de 40,6% em relação a igual intervalo do ano passado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.