Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Demanda global por petróleo deve cair 0,6% em 2009

A Agência Internacional de Energia (AIE) reduziu sua estimativa para a demanda mundial por petróleo em um milhão de barris por dia em 2009, diante da expectativa de recessão econômica em vários países e do enfraquecimento do consumo na China. Em sua estimativa mais fraca em vários anos, a AIE disse que a demanda global por petróleo cru deverá cair 0,6% para 85,3 milhões de barris por dia neste ano, depois de um recuo de 0,3% em 2008.

Agência Estado |

É a primeira contração bianual desde 1982/1983.

Em um sinal de quão baixista é o cenário para a demanda, a agência disse que o consumo de petróleo na China em 2009, maior responsável pelo aumento da demanda mundial, vai crescer no ritmo mais lento em oito anos. A demanda chinesa deve aumentar apenas 1,1%, ou 320 mil barris por dia, ante crescimento de 4,2% em 2008. A AIE leva em conta que o Produto Interno Bruto (PIB) do país crescerá 6,5%, o nível mais fraco em cerca de 20 anos.

A projeção mundial é baseada na expectativa de que a economia global irá crescer apenas 1,2% em 2009. Em novembro passado, o Fundo Monetário Internacional (FMI) estimou crescimento de 2,1% para o período. "A mudança no sentimento para a economia global desde meados de dezembro foi tão pronunciada que fomos forçados a nos antecipar a uma redução importante sobre a estimativa do PIB global que esperamos do FMI no final deste mês", disse David Fyfe, editor do relatório mensal sobre o mercado de petróleo da AIE.

Os números divulgados hoje pela agência devem pressionar as cotações do petróleo e exercer mais pressão sobre a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), cujos três cortes já anunciados na produção não impediram a contínua queda nos preços da commodity. Desde o primeiro corte, em setembro, as cotações recuaram 70%. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG