Após três meses em queda, procura por crédito teve alta de 0,5% no mês passado, segundo a Serasa Experian

Depois de três meses consecutivos de queda, a busca das empresas por crédito voltou a reagir no mês de julho. De acordo com o Indicador Serasa Experian da Demanda das Empresas por Crédito, a quantidade de empresas que procurou crédito teve alta de 0,5% no mês passado na comparação com junho de 2010.

Em relação a julho de 2009, a demanda das empresas por crédito recuou 1,9%, a primeira queda neste critério de comparação desde outubro de 2009. No acumulado dos primeiros sete meses de 2010, a demanda das empresas por crédito avançou 7,7% sobre o período acumulado de janeiro a julho de 2009.

O enfraquecimento da atividade econômica durante o segundo trimestre contribuiu para os recuos mensais da demanda das empresas por crédito no período de abril a junho deste ano. Segundo a Serasa Experian, a reação da procura das empresas por crédito registrada em julho representa uma sinalização da retomada do crescimento econômico, porém num ritmo mais brando do que o predominado durante os primeiros meses de 2010.

Setores da economia

A retomada da busca das empresas por crédito foi liderada pelas empresas do setor comercial, com avanço de 1% na comparação com o mês de junho. As empresas industriais e de serviços seguiram em direção oposta, recuando 0,5% e 0,1% as suas demandas por crédito, respectivamente.

No acumulado de janeiro a julho, em comparação com mesmo período do ano passado, as empresas do setor comercial, com alta de 8,8%, lideram a procura por crédito, seguidas pelas empresas de serviços, com variação acumulada de 6,9% sobre o acumulado de janeiro a julho de 2009.

A maior exposição do setor industrial ao cenário externo faz com que o setor registre um avanço de 4,9% em sua demanda por crédito no acumulado dos primeiros sete meses de 2010.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.