Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Delta Air Lines reduz prejuízo e prevê lucro no 2º trimestre

SÃO PAULO - Com a recuperação da demanda no setor aéreo, a companhia americana Delta Air Lines encerrou o primeiro trimestre com prejuízo menor na comparação anual. Para o segundo trimestre a empresa prevê retorno aos lucros.

Valor Online |

SÃO PAULO - Com a recuperação da demanda no setor aéreo, a companhia americana Delta Air Lines encerrou o primeiro trimestre com prejuízo menor na comparação anual. Para o segundo trimestre a empresa prevê retorno aos lucros. Até março, a companhia aérea perdeu US$ 256 milhões, ou US$ 0,31 por ação, sendo que no mesmo período do ano passado, a empresa havia registrado prejuízo de US$ 794 milhões, ou US$ 0,96 por ação. Quando se excluem os itens especiais, a Delta registrou prejuízo de US$ 0,23 por ação. Os itens especiais no período totalizaram US$ 64 milhões, sendo que destes, US$ 46 milhões são ligados aos custos da integração com a Northwest Airlines, adquirida em outubro de 2008). "A fusão está tendo sucesso e nós agora atingimos US$ 1 bilhão na taxa anual de sinergias", comentou em nota o diretor executivo da companhia, Richard Anderson. No primeiro trimestre, a receita da empresa avançou 2% para US$ 6,85 bilhões. Os resultados foram prejudicados pelos cancelamentos de voos, devido às tempestades de neve no início do ano. As despesas operacionais, por sua vez, recuaram 5%, influenciadas pela queda nos custos com combustível. Para o trimestre atual, a companhia prevê um lucro sólido, mesmo diante das perdas com o fechamento dos aeroportos na Europa, depois da erupção do vulcão na Islândia. "Nós estamos encorajados pela melhora que nós continuamos a ver no ambiente de receitas. Nós esperamos que a tendência positiva das receitas continue e que (os resultados) serão solidamente lucrativos no trimestre de junho", afirmou no documento o executivo. (Vanessa Dezem | Valor)
Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG