SÃO PAULO - A Delta Air Lines fechou um contrato com a fabricante de equipamentos de telefonia para aviões Aircell para oferecer serviços de banda larga sem fio em aviões que fazem suas rotas domésticas nos EUA. Segundo a companhia aérea, mais de 330 aeronaves serão equipadas para oferecer o serviço a partir de 2009.

O sistema Gogo da Aircell, que será utilizado nos aviões da Delta, permite que passageiros com notebooks e aparelhos com capacidade de navegar na internet tenham acesso sem fio à rede durante o vôo. A companhia aérea informou que o serviço será prestado com a cobrança de uma taxa fixa de US$ 9,95 para vôos de até três horas e outra de US$ 12,95 para rotas com duração mais longa.

A Delta continua comprometida em oferecer uma experiência de viagem que maximize o tempo que nossos clientes gastam à bordo ao fornecer a eles cada vez mais opções para se manterem produtivos, afirmou o executivo-chefe da companhia aérea, Richard Anderson. Nossos clientes pediram a conectividade em vôo e, em resposta, estamos implantando a mais extensa rede sem fio nos céus. A partir desse outono, nossos passageiros terão a capacidade de permanecer conectados enquanto viajam conosco pelos EUA continental, acrescentou.

Inicialmente, a Delta irá instalar o sistema Gogo em sua frota de 133 aeronaves MD-88 e MD-90. Em seguida, ele será implantado no restante da frota doméstica da empresa, composta por mais de 200 aeronaves Boeing modelos 737, 757 e 767.

O surgimento da tecnologia ATG (ar para o solo, na sigla em inglês) tornou a conectividade de banda larga na cabine de vôo economicamente viável pela primeira vez para as companhias comerciais, afirmou o presidente e executivo-chefe da Aircell, Jack Blumenstein. O jogo virou e a Delta estará entre as primeiras a oferecer uma experiência melhorada aos clientes com o acesso de banda larga sem fio em mais de mil vôos diários dentro dos EUA, completou.

As companhias notaram que o sistema Gogo da Aircell é uma das formas mais baratas de oferecer banda larga em aviões, pois é pequeno, leve e pode ser instalado em pouco tempo. Dessa forma, afirmam, ele é um investimento importante para gerar novas receitas e impulsionar da demanda, especialmente num cenário como o atual, de altos preços do petróleo.

As empresas não divulgaram o valor do contrato de fornecimento dos sistemas.

(José Sergio Osse | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.