Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dell estuda novas vias para reduzir despesas, segundo jornal

Nova York, 4 nov (EFE).- A companhia americana Dell, que está prestes a mandar embora quase 9 mil trabalhadores, estuda novas vias para reduzir custos, entre elas paralisar as contratações e implementar um programa de demissões voluntárias e dias livres sem remuneração, segundo o diário The Wall Street Journal.

EFE |

O jornal publicou hoje, em sua edição on-line, declarações do porta-voz da companhia, David Frink, que afirma que o fabricante de computadores planeja implementar um novo plano de redução de custos.

Entre as medidas, estariam recorrer menos a pessoal contratado, reduzir as despesas de viagens e estabelecer novas prioridades entre seus projetos, de acordo com o jornal econômico.

Além disso, planeja oferecer a seus trabalhadores a possibilidade de tirar cinco dias livres sem remuneração.

Frink não divulgou a quantia que a companhia prevê economizar com estas novas iniciativas, que, segundo disse ao jornal, já foram informadas pelos fundador e principal responsável da firma, Michael Dell, aos funcionários.

O plano diz respeito ao arrefecimento da economia e fará com que a Dell ganhe competitividade a longo prazo, disse o porta-voz do segundo maior fabricante do mundo de computadores.

Durante seu primeiro semestre fiscal (fevereiro-julho), a empresa ganhou US$ 1,4 bilhão, 7% a menos que no mesmo período do ano anterior. EFE mgl/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG