Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Déficit público espanhol supera 3% do PIB e deve crescer mais

Madri, 13 jan (EFE).- O vice-presidente do Governo e ministro da Economia da Espanha, Pedro Solbes, disse hoje que o déficit público superou 3% do PIB em 2008 e que neste ano será substancialmente maior.

EFE |

Segundo Solbes, o Conselho de Ministros aprovará na sexta-feira o Programa de Estabilidade com os cálculos das contas das Administrações Públicas e suas novas estimativas de crescimento.

Em 2007, as Administrações Públicas espanholas tiveram, em conjunto, um superávit de 23,368 bilhões de euros, equivalente 2,23% do PIB.

Em 2008, até novembro, o déficit alcançou 14,060 bilhões de euros, ou 1,28% do PIB, enquanto a Previdência Social registrou um saldo positivo de 20,797 bilhões, o que significa 3,46% a menos do que no mesmo período de 2007 e a terceira diminuição desde setembro.

Após o cálculo publicado na segunda-feira pela Standard & Poor's (S&P) que o déficit das contas públicas espanholas superará 6% do PIB neste ano, Solbes recusou-se dar um número concreto, embora tenha adiantado que o saldo negativo será muito superior ao de 2008.

O vice-presidente segundo do Governo admitiu também que existe o risco de que a dívida pública espanhola perca a classificação máxima, AAA, por parte das agências de medição de riscos, como advertiu S&P. EFE mbr/jp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG